Arquivo de abril 2010

Menu Degustação

30/04/2010

Para quem gosta de experimentar e saborear várias iguarias… a pedida é o Menu degustação:

Só na Casa da Suíça…

29/04/2010

Não é à toa que comentamos que a nossa história se mistura com a história de nossos clientes…  Que nossa casa vira a extensão da casa de muitos deles…

Vou explicar melhor:

Bem, primeiro quero fazer uma pergunta:  Qual é a paixão nacional? 

Levando isso em consideração, não preciso nem dizer que, invariavelmente, o assunto no salão acaba sendo sobre o futebol.  Cada um fala do seu time de coração, sobre os campeonatos, as partidas e tentam convencer que o seu time é o melhor.

A nossa equipe é quase toda torcedora do Flamengo. Ainda temos alguns que torcem pelo Fluminense, outros pelo Vasco e alguns pelo Botafogo (euzinha!).

Durante um almoço numa 4ª feira, um cliente, acompanhado de mais 3 amigos, começa a pegar no pé do nosso Maître Arnaldo, Vascaíno doente, dizendo que o Botafogo seria Campeão Carioca de 2010. Claro que Arnaldo riu com deboche. Até hoje não entendo o motivo (rsrs)… Conversa vai e conversa vem, finalmente todos fazem uma aposta e ficou acertado que se o cliente acertasse o seu prognostico, ele viria com os 3 amigos almoçar e celebrar aqui a vitória do Fogão na primeira 4ª feira disponível.

Como promessa é divida, ontem, durante o almoço, os campeões chegam cheios de felicidade e muita vontade de pegar no pé do Vascaíno. Bradaram em alto e bom tom que iriam fazer o Arnaldo mudar de time… Arnaldo riu ironicamente e tirou o pedido da mesa festiva!

Quando Arnaldo iniciou o preparo do Steak Tartare, o Botafoguense que fez a aposta o surpreende colocando a faixa de campeão.  Este momento foi devidamente registrado por um dos amigos em seu celular.  As imagens dizem tudo…

A mesa ao lado, também ocupada por Botafoguenses, logo aderiu à farra e cobrou fotos com o Arnaldo e a faixa (coitado! rs). Todos anunciavam que Arnaldo era um ‘vira casaca’, que largou o Vasco para ser Botafoguense…   Arnaldo, completamente roxo, bem tentou fugir da saia justa, mas, não houve jeito. Pegaram o “novo Botafoguense” de jeito e mais fotos foram tiradas. Os flashes dos celulares e das máquinas fotográficas pipocaram e todos os clientes se divertiam com a situação.  Vejam as fotos!

É… na Casa da Suíça todos acabam se tornando amigos e a diversão é garantida!

Dica de Livro – Trilogia Millennium

27/04/2010

Passei as ultimas três semanas do mês de abril literalmente devorando os livros da trilogia Millennium.  No sábado, quando terminei a leitura do 3º livro, fiquei com uma sensação estranha, me senti quase órfã… O escritor sabe envolver o leitor de tal forma que é impossível largar os livros e não torcer pelos personagens principais.  Como gostei tanto da trama e dos personagens, resolvi indicar essa trilogia que aborda temas bem atuais, que são muito bem amarradas.  Espero que tenham uma ótima leitura!!

 Sobre o escritor e a trilogia:

Autor: Larsson Stieg

Editora: Companhia das Letras

Categoria: Literatura Estrangeira / Policial

Primeiro volume de trilogia cult de mistério que se tornou fenômeno mundial de vendas, “Os Homens que Não Amavam as Mulheres” traz uma dupla irresistível de protagonistas-detetives: o jornalista Mikael Blomkvist e a genial e perturbada hacker Lisbeth Salander. Juntos eles desvelam uma trama verdadeiramente escabrosa envolvendo a elite sueca.

Vem da Suécia um dos maiores êxitos no gênero de mistério dos últimos anos: a trilogia Millennium – da qual este romance, Os homens que não amavam as mulheres, é o primeiro volume. Seu autor, Stieg Larsson, jornalista e ativista político muito respeitado na Suécia, morreu subitamente em 2004, aos cinqüenta anos, vítima de enfarte, e não pôde desfrutar do sucesso estrondoso de sua obra. Seus livros não só alcançaram o topo das vendas nos países em que foram lançados (além da própria Suécia, onde uma em cada quatro pessoas leu pelo menos um exemplar da série, a Alemanha, a Noruega, a Itália, a Dinamarca, a França, a Espanha, a Itália, a Espanha e a Inglaterra), como receberam críticas entusiasmadas.
O motivo do sucesso reside em vários fronts. Um deles é a forma original com que Larsson engendra a trama, fazendo-a percorrer variados aspectos da vida contemporânea, da ciranda financeira feita de corrupção à invasão de privacidade, da violência sexual contra as mulheres aos movimentos neofascistas e ao abuso de poder de uma maneira geral. Outro é a criação de personagens extremamente bem construídos e originais, como a jovem e genial hacker Lisbeth Salander, magérrima, com o corpo repleto de piercings e tatuagens e comportamento que beira a delinqüência. O terceiro é a maestria em conduzir a narrativa, repleta de suspense da primeira à última página.

Os Homens que Não Amavam as Mulheres – Millennium 1

 A Menina que Brincava com Fogo – Millennium 2

 A Rainha do Castelo de Ar – Millennium 3

Novidade: Wi-fi para clientes

26/04/2010

Além de pratos preparados com muito carinho, a partir de agora os clientes da Casa da Suíça podem desfrutar, também, da comodidade e praticidade do sistema wi-fi enquanto estiverem no restaurante.

Basta trazer o computador e pedir a senha ao garçon.

Boa semana a todos!

Filet de Boeuf à la Stroganoff – Filé mignon à moda “Stroganoff” / Beef Stroganoff

26/04/2010

É um prato de origem Russa, que é mundialmente conhecido e que conquistou uma legião de fãs. Originalmente é feito de pedaços / tiras de filé salteados e servido com ‘sour cream’.

Existem várias explicações para a origem (século 19) e o nome do prato. Tudo leva a crer que o prato recebeu o nome de um dos membros de uma grande e importante família Russa, Stroganov.

A Casa da Suíça tem a sua versão do Stroganoff, que é muito apreciada, já que é finalizada a mesa. Além de se poder acompanhar todo o preparo dessa especial iguaria, você ainda tem os seus sentidos despertados…

Casa da Suíça - Stroganoff

 

A carne, que já vem cortada em tirinhas e envolvida em páprica, é salteada na frigideira e depois flambada com conhaque. Prepara-se um molho com vinho tinto, ervas finas, cogumelos selvagens, bechamel, demi-glacê e um pouco de creme de leite.  É servido com batata sauté e arroz branco, ou, se preferir, a nossa batata rösti

Fondue de Queijo

22/04/2010

Fondue de Queijo –  Receita para 06 (seis) pessoas

300 gr de queijo tipo Emental Nacional

300 gr de queijo tipo Gruyère Nacional

4 dl de Vinho Branco Seco Nacional

1 cálice de Kirsch ou de Conhaque Nacional

Noz Moscada e Pimenta do moinho a gosto

01 dente de alho

Pão cortado em cubos

Modo de fazer:    Quebre o dente de alho e passe no fundo da panela. Junte o vinho e os queijos e mexa até fundir. Junte a noz moscada, a pimenta e o Kirsh. Leve à mesa num réchaud aceso.  Servir espetando um pedaço de pão no garfo especial envolvendo-o no queijo derretido.

Fondue de Queijo - Casa da Suíça, Rio de Janeiro

Curiosidades sobre Fondue de Queijo….

22/04/2010

A Fondue teve origem na Suíça.  Quando os habitantes dos vilarejos ficavam isolados pelos longos meses do inverno e eram forçados a contar somente com o queijo, vinho e pão para a sua alimentação.  À medida que o queijo ia ficando seco, o colocavam numa panela grossa, chamada ‘caquelon’ junto com o vinho, para que fosse derretendo devagar e evitando que ficasse pegajoso e fibroso. Comiam mergulhando pedaços de pão no queijo derretido, obtendo uma refeição barata, mas substancial.  A palavra fondue deriva do francês “fondre” que significa fundir.

Derivando então, para a fondue Bourguignonne, que na verdade nem poderia usar o nome fondue, já que não se pode ‘fundir a carne’.  O nome correto é “Friture à la Bourguignonne”, que acabou tendo performance no mundo inteiro.  Daí surgiu as mais diversas maneiras de se preparar um ‘fondue’.

Fondues da Casa da Suíça - Rio de Janeiro

Fondues do Restaurante Casa da Suíça:

 Fromage – Queijo

Au fromage – Queijo Emmental e Gruyère                                                                     

Au fromage avec poires et champignons – Queijo com peras e cogumelos             

Viandes – Carnes

Bourguignonne – Carne tradicional                                                                                 

Chinoise – Chinês                                                                                                              

Fondue d’ Été – Verão                                                                                                      

Lês viandes diverses sur pierre (para 2 pessoas) – Carnes diversas sobre pedra  

Poisson et Fruits de mer – Peixes e frutos do mar

Sole – Linguado                                                                                                                 

Fondue aux fruits de mer (para 2 pessoas) – Fondue de frutos do mar                                                     

Vegetariano

Vegi – vegetariano com 3 molhos e roesti sem bacon

Sobremesa 

Fondue Royale (para 2 pessoas):                                                                    

Profiteroles, Maçã, Mamão, Melão, Banana, Laranja e Morango

mergulhados em calda de chocolate quente feita na casa.

*************

Já experimentaram uma dessas delícias?