Saindo do forno… Apfelstrudel

Já perceberam como certos cheiros e aromas despertam, na gente, inúmeras recordações? Pois acaba de acontecer comigo… Passando pela cozinha do restaurante onde trabalho, sinto um aroma que me fez voltar a ser uma menininha, uma adolescente, uma jovem mulher… O aroma desperta a minha memória mais doce e volto ao tempo: estou na casa dos meus avós em SC curtindo as férias de verão.

Minha avó, uma Austríaca da Estíria, junto com meu avô, um Vienense, não abriam mão de algumas receitas deliciosas de pratos salgados e doces, que ficaram famosas pelo mundo afora. O meu fraco, os doces!

Sempre que passávamos as férias de verão com eles, éramos presenteados com essas delícias austríacas e, claro, o Strudel fazia parte do especial cardápio.

O Strudel pode ser feito de duas formas: com massa folhada ou com massa simples. Minha avó fazia a massa simples, trabalhava a massa e depois esticava com rolo até que ficasse super fina, quase tão fina quanto uma folha de jornal. Depois que a massa estivesse esticada e fina a seu contento, ela espalhava as lâminas de maçã verde, uvas passas, farinha de rosca, baunilha, um pouco de açúcar, canela, algumas nozes picadinhas e ainda salpicava uma dose de rum.  Depois, levava ao forno para assar. Ah, os aromas dos ingredientes iam se fundindo, espalhando pela cozinha e nos outros cômodos. Aos poucos despertando os nossos sentidos e o desejo de saborear logo essa delícia chamada Apfelstrudel.

Minha avó alternava entre o Strudel de maçã verde, o de peras e o de ricota.  Todos são deliciosos e não consigo escolher a minha preferida. Gulosa, será?

Aqui onde trabalho, o Strudel também é servido ainda quente, com creme de chantilly e/ou sorvete de creme.  Já passaram pelo cardápio: Strudel de ameixa, de ricota e de manga. Sim, todos deliciosos!

Hoje com certeza irei saborear o Apfelstrudel e lembrar com carinho dos meus avós. E com vocês, quais são os cheiros e aromas que despertam essas deliciosas recordações?

Casa da Suíça - Apfelstrudel

Anúncios
Explore posts in the same categories: Crônicas, Menu Tradicional, Sobremesas

Tags: , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: